Empoderamento de mulheres nos negócios é tema de evento em Florianópolis

 No último dia 29, A Prosperitate Consultoria em Sustentabilidade promoveu em Florianópolis o Encontro de Mulheres Líderes e Empoderadas nos negócios e na economia de Santa Catarina. O objetivo do evento foi o de promover um debate para propor melhorias na metodologia de interconexão entre as redes que trabalham em busca da igualdade de gênero no mundo dos negócios.

De acordo com a organizadora do encontro, Andreia Amorim sócia diretora da Prosperitate, a iniciativa se baseia nos princípios de empoderamento das mulheres divulgado pela Organização das Nações Unidas. “Buscar a igualdade de gênero deve ser uma luta diária, em todos os âmbitos sociais. No mundo dos negócios isso não é diferente. Por isso consideramos fundamental a promoção de um evento como esse, que reúne grandes lideranças do Estado que trabalham para garantir o acesso e o respeito às mulheres no mundo empresarial”, comenta Andreia.

A iniciativa foi uma organização da Prosperitate Consultoria em Sustentabilidade e conta com a parceria da ONU Mulheres e apoio do Sebrae/SC. Participaram representantes dos principais movimentos de mulheres nos negócios, com atuação em Santa Catarina: o Conselho Estadual da Mulher Empresária de Santa Catarina, Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da ACIF, BPW - Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais, Rede Mulher Empreendedora, Núcleo da Mulher Empresária da AEMFLO, Movimento Anitas, LIDE Mulher e como convidada especial a Presidente do Conselho Nacional da Mulheres Empresárias/CNME da Confederação das Associações Empresariais e Comerciais do Brasil. “Reunir todas essas lideranças foi importante para promover o diálogo e estabelecer uma unidade nos movimentos que buscam o empoderamento de mulheres no mundo dos negócios”, finaliza Andreia.

       

Segundo o estudo “Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras nas Micro e Pequenas Empresas 2014-2015”, elaborado pelo Sebrae, o número de mulheres no mercado de trabalho cresceu 22,8% entre 2003 e 2013. “Só em Santa Catarina, mais de 270 mil mulheres estão à frente de MPEs e 92 mil são MEIs. O Sebrae/SC trabalha em busca de um ambiente de negócios favorável para todos e acreditamos que o empreendedorismo catarinense só tem a ganhar com o empenho e a movimentação de tantas lideranças”, comenta a Coordenadora Regional do Sebrae/SC na Grande Florianópolis, Soraya Tonelli.

A Adriana Carvalho da ONU Mulhereres foi uma das palestrantes do encontro e reforçou a abordagem dos Sete Princípios de Empoderamento das Mulheres, que são:

1-) Estabelecer liderança corporativa de alto nível para a igualdade de gênero.

2-) Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação.

3-) Garantir a saúde, a segurança e o bem estar de todos os trabalhadores e as trabalhadoras.

4-) Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional das mulheres.

5-) Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de suprimentos e de marketing que empoderem as mulheres.

6-) Promover a igualdade através de iniciativas e defesa comunitária.

7-) Mediar e publicar os progressos para alcançar a igualdade de gênero.

Voltar